SEGUIDORES...

sábado, 27 de novembro de 2010

sábado, 20 de novembro de 2010

UM CONTO DE....FADAS?

Era uma vez uma garota que queria, na verdade quer! mas não pode ter, não pode ir atrás, não pode lutar (não tem por o que lutar) a disseram que não se procura o amor, ele nos encontra (talvez estaja muito bem escondida!) sabe aquela paixão arrebatadora que a faça esquecer tudo e todos, então fazer coisas erradas sem que se sinta culpada e depois o jogo da paixão fulgas transforme-se em amor, e que mesmo que por um instante ela se sintiria feliz para sempre.

CYWMARA WADISQUY

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

VAMOS COMIGO?

Vou deixar que a doçura da melodia me conduza à imortalidade dos meus sonhos, que a paz que reina dentro do meu ser te transporte para lugares imaginários, que o vento sussurre em meus ouvidos os caminhos que devo seguir até um lugar inabitado, vou deixar que meus desejos de alegria sejam amplamente vivenciados nesse momento, pois esse momento é único. Vivo intensamente, cada minuto do meu tempo, para que não me arrependa, nunca, de não ter vivido meus sonhos como sonhadora que sou, porém como num conto de fadas, transportada serei para minha real identidade um dia.

CYWMARA WADISQUY

sábado, 13 de novembro de 2010

(((ESCREVER))) ISSO É UMA ARTE QUE VEM DE DENTRO DE MIM !!!

Em cada palavra do que escrevo, está a expressão de minha alma. Tento transformar em textos, em silabas , em parágrafos ; minha dor, meu amor. E quando olho, penso no quanto sou capaz de produzir sentimentos escritos, mas as vezes me acanho, quando deverias deixar brotar em mim esse dom de criar. Criar para mostrar o que sinto e vejo, concretamente, meu sentir transformado. E uma mágica transmutação ocorre em minha alma neste instante. Basta que eu não bloqueie minha energia criadora. Ela vem para renovar. E renovando-me, torno novo tudo o que vejo. E os outros verão a realidade com outros olhos. Com os meus olhos. O ato de criar não pressupõe técnicas, nem conhecimentos especiais, não é este o meu objetivo. Criar é abrir uma janela para nosso interior. É permitir que nos vejam. E, se assim fosse, todos nós não usaríamos máscaras, não teríamos como, nem porquê. Liberte-se dos conceitos artísticos e ligue-se apenas em você. Tudo é belo. Já disseram que a beleza está nos olhos de quem a vê. Mas eu afirmo mais: o belo transcende o olhar, na medida em que não se pode vê-lo, se não for com os olhos do amor.
CYWMARA WADISQUY