SEGUIDORES...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

OLHOS DA FELICIDADE

Quantas vezes buscamos este imenso sentimento em situações tão diferentes daquelas nas quais verdadeiramente deveríamos procurá-lo?! Reclamamos e nos envolvemos em aflições pois nossa busca, quase sempre, gira em torno do egoísmo, do querer encontrar fora de nós, por meio dos nossos desejos satisfeitos, mas é dentro de nós mesmos que está a verdadeira felicidade. A felicidade que necessita ser despertada, pois deve ser sentida com o coração, com o sorriso de amor, que transparece nos pequenos mas tão grandes gestos. O universo, na sua imensidão, nos proporciona a vida, dando-nos as oportunidades de caminhar para o nosso desenvolvimento, oportunidades essas que serão aproveitadas, de acordo com o empenho de cada um, onde devemos lapidar os sentimentos que concorrerão para o nosso bem estar, e a cada aflição um degrau a mais subiremos. Por isso mesmo, nas tristezas, devemos abraçar a alegria de viver. Viver é perceber a suave felicidade em tudo que nos cerca que reside no amor verdadeiro, na serenidade da consciência de estarmos dando o melhor de si...
CYWMARA WADISQUY

domingo, 27 de junho de 2010

Prazer, sou o amor!

Queres me ouvir? Então aprende a limpar da tua alma os julgamentos que tu mesmo amontoaste. Queres me ver? Então limpa a lente que aumenta os teus pontos negativos, para que ela te permita enxergar o que és, realmente. Queres, por certo, me sentir também... Pois meu abraço é suave, reconfortante, firme mas discreto, puro e fortalecedor, constante e fiel. Então, entrega neste instante, tuas posses. Coloca-as todas na tua frente e, sem tristeza, sem apegos, dize adeus à estas velhas tralhas inúteis. Caprichos, rancores, apegos, comodismo, lamentações e, principalmente, o que criaste e nem sabes ao certo o que é: o medo. Assim, eu me apresentarei e serei um grande aliado da tua força, da tua coragem, do teu perdão, da tua ternura, da tua luta, pois sou o AMOR.

CYWMARA WADISQUY

sábado, 26 de junho de 2010

Meu professor de fisíca do PREVUP xD

Hoje a aula de física estava muito chata, sabe como é?!(1m= 100cm= 100mm... e mais chatice 1pg= 10 elevado à alguma coisa) rsrs então pra me destrair desenhei o professor....ficou melhor que se tivesse tirado uma foto kkkkkkk :p

quinta-feira, 24 de junho de 2010

PORQUE CHORO?!

Quantas lágrimas derramo nesse mundo em que vivo, se soubesse guardar essas lágrimas para derrama-las na hora certa, por pessoas que as possam enxugar, hoje não estaria tão sozinha e triste, a esperar uma só lágrima que fosse derramada para mim, como sou tola em tentar me mostrar feliz se não estou pois dói e muito, sofro tanto essa auxencia que simplesmente esqueço de mim, mas por ele derramamo lágrimas sem fim...hoje me vejo só e desamparada, estou tentando compreender o motivo que me levou ao desespero ao ponto de não sentir mais vontade de viver, por quanta dor, quanta angústia passo, por não saber (ou simplesmente não querer) compreeender e aceitar essa distância, sei qua talvez eu não seja ninguém, sei também que... o tempo passa mas essa saudade do desconhecido não passa...aumenta! Espero que outras lágrimas não venha derramar, amo a pessoa certa, e talvez só na morte física consegueira entender por que choro.
CYWMARA WADISQUY

quarta-feira, 23 de junho de 2010

LEMBRANDO DE LEMBRANÇAS

Traga de volta as lembranças que tenho presas em minha alma, são lembranças doces e ternas que me aliviarão o sofrer, tento não me prender às amarguras que na vida temos que enfrentar, sou firme no meu ideal não vou esmorecer e vou prossiguir por toda a minha vida,tenho lembranças a cultivar e é se lembrando de lembranças que estruturamos nossas dores, nossos amores é se lembrando de lembranças que com o coração mais leve conseguimos continuar, é colhendo o que plantamos que aprendemos a semear.

CYWMARA WADISQUY

domingo, 20 de junho de 2010

BOLO QUE VIROU PAVÊ

Quantas loucuras,
quantos desatinos
cometemos neste mundo
vamos seguindo a nossa rota,
guiados pelo instinto.
O que estamos fazendo?
seguindo a rota da vida?

Loucos, loucuras.
Não deixem embotar sua razão.
As loucuras que hoje lhes parecem
grandiosas,
amanhã irão colocá-los
presos às amarras
das suas próprias prisões.

Sejam loucos nesta vida,
usando sua loucura,
sua insanidade
para enxergar bem mais além
do que a pequena realidade
que insistem em querer
que passem a abraçar.

O mundo é bem maior
Acho que se perguntam
onde fica o bolo? e o pavê?
estão no meu momento de loucura...

CYWMARA WADISQUY

sexta-feira, 18 de junho de 2010

SENTIDOS DA VIDA....

Eis que as cortinas se erguem e começa o espetáculo da vida, espetáculo de luzes e cores mil, maravilhas que inebriam os olhos dos observadores. Eis que o "movimento" da vida acontece e, no primeiro momento irá despertar e aguçar todos os sentidos. Sentidos que mostrarão ao ser o mundo que habita, que o farão conhecer e experimentar a vida que tem, que o guiarão e lhe darão informações sobre tudo que o cerca, inclusive dos prazeres da matéria...esses invadem sua alma, "tomam-lhe" a mente... e restringem todos os sentidos a cinco, intimamente ligados à sua matéria, e os demais adormecem. E então me pergunto por que tudo tem um começo e um fim? Por que tendo me orientar, aconselhar, vê e ouvir somente aquilo que "toca" seus sentidos? Percebo que somos guiados pelos desejos, paixões e sentimentos nascidos dessas fraquezas. Esta independência do ser, condição que eu deveria ser atingida como libertadora, eis que eu mesmo me prendo, me tornado aprisionada na escravidão dos sentidos.
CYWMARA WADISQUY

quarta-feira, 16 de junho de 2010

SONHADORA*

Um sono intenso, estava sonhado com as flores do jardim que ainda não havia conhecido, as primeiras emoções surgiram quando também pela primeira vez escutei uma canção e quando as primeiras palavras vieram a boca, também descobri a palavra amor, mas… Não sabia como era complicado, esse desconhecido, percebi que era um mistério a ser decifrado um dia, quando tudo parecia caminhar tranqüilo, estava eu a beira de uma descoberta… Não foi lá grandes coisas, era apenas um alarme falso da alma, tudo bem, falei comigo mesma e o sonho ainda continuou…Mais um dia vem, me chamar atenção, era uma paixão que logo se foi ao cair da noite. O sonho continuou a seguir o seu caminho…Pois, bem… Descobri a desilusão a primeira palavra do vocabulário que não estaria como sinônimo da palavra amor. Depois descobri a palavra paixão, que se esvai com o tempo e deixa apenas feridas e muitas vezes não deixa nada, e como um nada se esvai. Imaginei que o amor não se enquadraria nesse desconhecido. Mas… O sonho não parou, encontrei uma estrela que me dizia, que a formosura de um belo dia está no azul do amanhã que surge… Não entendi. Quando, no meio do caminho encontrei várias pedras, pensei em voltar a realidade, ou penas, me cansei de sonhar, foi somente um não para novamente me sentir um nada. Então procurei um outro sentido para a vida, pude sentir o perfume das flores e respirar o ar puro do amanhã, porque… simplismente acordei.

CYWMARA WADISQUY

segunda-feira, 14 de junho de 2010

TENTANDO COMPREENDER A VIDA***

Um dia, alguém me disse que só aprendemos com o sofrimento e que nada melhor que um dia após o outro. Neste mesmo instante, me entristeci. Talvez não concordasse com esta afirmação, então comecei a verificar...Já havia compreendido e sabia que através dos problemas é que nós conseguimos olhar um pouco mais para este nosso interior cheio de vida, força, alegria e coragem. Com a grande certeza de que só estamos a estagiar aqui, e mais ainda, o que pertence a esta mundo, fica neste mundo, até por que não se tem certeza de outros mundos. Não devemos desperdiçar as nossas energias num processo de deterioração daquilo que não nos é tão importante para viver aqui e agora. Percebi que não é o sofrimento que nos faz amadurecer e sim a compreensão desses percalços que nós necessitamos para enxergar e caminhar consientes de que somos nós mesmo os juizes das nossas forças e das nossas fraquezas. Conscientes de que todos fomos criados, sem distinção, para uma única finalidade: Evolução, progresso e amor.


CYWMARA WADISQUY

domingo, 13 de junho de 2010

NÃO!!!!!!!

Hoje resolvi escrever algo diferente, preciso desabafar... Querem me tirar algo que mais gosto de fazer, ESCREVER O QUE PENSO, O QUE SINTO!!! Meu mundo vai acabar, talvez esses sejam meus ultimos postes (cai uma lagrima no meu rosto não vou limpar pois ela é testemunha de meu sofrimento) não sei o que fiz ou que não fiz, só sei que que meu pai diz que meu blog não tem futuro, que o que escrevo não importa que não serve pra nada... ele não entende, importa PRA MIM, que serve PRA MIM. Todas minhas palavras são o que sinto ou que quero sentir, simplismente escrevo não sei explicar só sei que me faz muito bem, assim não preciso gritar, tipo agora quero gritar mas não posso, e escrever isso escondido é humilhante pra mim (vigiar se ele vem). Claro não quero ser "a garota do blog" pra falar a verdade criei este blog por que meu caderno de anotações acabou, e não tinha tempo pra comprar outro! Então é isso talvez meus dias de blogueira estejam perto do fim (O desepero reflete em minha alma pois não sei como falar...apenas sei como escrever)

CYWMARA WADISQUY

sábado, 12 de junho de 2010

MOMENTO DE SOLIDÃO (dia dos namorados)

Peito oprimido pela dor, sigo meu caminho, sem saber ao certo aonde chegarei. A dor dilacerante tortura os sentidos, deixando-me frágil e sem equilíbrio para qualquer atitude que exija mais sobriedade sobre mim. E a esta dor me entrego... (A dor sempre nos traz uma mensagem de alerta. Mas a codificação nem sempre é inteligível para nós.) Nem sempre o consolo é o caminho ideal para que surja o crescimento dentro de mim, por isso, é necessário vasculhar o meu ser, o meu interior, na expectativa de alcançar a compreensão desejada. Desistir é sinônimo de ignorância. À frente, sempre aparecem os atalhos por mais dilacerante que seja a dor que abrigas em meu ser, sou forte, supero. Pois ela vem me trazer a liberdade, o equilíbrio e a paz. Tento aprender com ela, entende-la para que assim, eu possa encontrar uma identidade e, então, conhecendo-me melhor, direcionar a minha vida para caminhos onde reinará sempre a paz e a harmonia e em um deles, sei que posso encontrar o caminho de volta para casa...

CYWMARA WADISQUY

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Ressussitar em vida

Na escuridão do prazer vejo que lá adiante me espera uma luz radiante em nova forma...tenho toda uma necessidade de absorver gota a gota a maldade que me leva à insanidade de em nada crer. Então vejo que dominei, governei, mandei e desmandei e agora já sem forças e condições de sequer olhar para trás, faço do medo a persistência suspendo minhas queixas, pois neste mundo que não deixa sequer uma recordação, meu CORAÇÃO BATE NOVAMENTE...

CYWMARA WADISQUY

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Tolas Aflições


Todos desconhecem que as aflições pelas quais passamos são uma conseqüência da desarmonia de nossos pensamentos, por qualquer razão e sem nos vigiarmos, deixamo-nos conduzir pelas coisas pequenas da vida, enchemos nossos corações de sentimentos incoerentes e nada construtivos e naturalmente, como fruto desse comportamento, as aflições vão tomando conta do nosso ser, envolvendo-nos em tristezas, angústias, sem que nem mesmo possamos entender o porquê de tal situação.A vida precisa ser compreendida? Nosso comportamento precisa ser coerente com os nossos atos? As vezes me deixo levar como uma folha de papel ao vento, sem um direcionamento, sem um local para onde ir. Será que somos seres inconseqüentes, não paramos para sentir, ver ou ouvir tudo o que nos é passado sutilmente, ainda incapazes de uma sintonia mais aprimorada com a realidade maior que é o autoconhecimento, o descobrimento do grande ser que somos, do potencial que há em nosso interior, dando preferência às coisas materiais.Todas as outras são efêmeras. Servem-nos apenas se forem bem utilizadas como alavanca ao nosso crescimento, ou então, serão apenas armas destrutivas.

CYWMARA WADISQUY

Livro que estou lendo atualmente...

video

VIDEOOOO

terça-feira, 8 de junho de 2010

Um belo olhar***


O mais profundo da alma se encontra em um simples olhar e durante muito tempo poetas tentam descrever! Eu, não seria tola de tentar pois sou apenas uma amante das coisas belas da vida.

CYWMARA WADISQUY

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Me abrace

Não é solidão nem saudade, apenas me abrace;
Não importa por que, apenas me abrace;
Não sinto frio, mas me abrace...
O mundo parou e eu continuo girando, por favor me abrace;
O dia acabou e logo começará outro, então me abrace;
Já não existe mais presente, simplismente me abrace;
Abra os braços, venha ao meu encontro, olhe nos meus olhos, esqueça o tempo e ME ABRACE.

CYWMARA WADISQUY

sábado, 5 de junho de 2010

DIST♥NCIA

Uma coisa que chega sem ser esperado. Que não pede permissão para entrar,como se dono fosse do meu ser e que vejo crescer dentro de mim aos poucos, que nem a distância impediu de aflorar na minha existência tão sem graça.Que me trouxe a alegria de estar viva. Que despertou a emoção adormecida! Quando descobri que estavas em minha vida. Ah!Sei que essa soisa é amor e que chega a doer de tanta saudade, que anseia em seus braços um dia ser aconchegado. Que sonha com seu rosto um dia acariciar. Em teu corpo os delírios do prazer sentir. E o seu coração com o meu amor seduzir! Ah!Esse amor,que deixa meu corpo em brasas. Quando em sonho muitas vezes acordada, sinto o seu corpo sobre o meu,e,assim por ti estar sendo amado. O que seria de mim se não sonhasse? talvez perdesse a esperança. Mas eu sonho, e tenho esperança!!! pois eu nasci para lhe amar e ser amada por você!

CYWMARA WADISQUY

quinta-feira, 3 de junho de 2010

A dor

A dor que nos maltrata.
A dor que nos revolta.
A dor que nos inspira.
A dor que nos cura.
Tantos lamentos, tantas dores nesse mundo, pois através delas, somos instigados a despertar e seguir o nosso caminho em outra faixa de vibração. Dia virá em que não teremos mais dores nem sofrimentos, mas sim, uma enorme satisfação em olharmos para trás e vermos o quanto evoluímos, em olharmos para frente e vermos o quanto nos falta ainda para subirmos mais um degrau.

CYWMARA WADISQUY

kkkkkk sem comentários.... :p

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Somos estrelas...

Somos o brilho na imensa escuridão que jamais se ofusca, e que não teme a solidão, pois com o tempo aprendemos a lidar e observar de cima nossas vidas, então vem a paixão e distância ao mesmo tempo e essa solidão é a falta de apenas uma pessoa, mas mantemos esse sentimento em silêncio (TALVEZ POR MEDO) pois não se entende por que? ou como? aconteceu, apenas passamos a brilhar para uma pessoa em especial.

CYWMARA WADISQUY

terça-feira, 1 de junho de 2010

ENIGMA

Como se a vida não tivesse defeitos! eu, uma garota imperfeita sempre tentando mudar tudo inutilmente, pois como seria???
uma vida com defeitos...
um mundo com defeitos...
e uma pessoa SEM defeitos?


CYWMARA WADISQUY